São pouquíssimos os jogos que conseguem completar cinco anos sendo um dos títulos mais jogados durante todo este tempo, e Clash of Clans é um destes poucos. O jogo da Supercell continua bem e celebrou seu quinto aniversário em plena luta por ser um dos jogos mais importantes de dispositivos móveis com seu spin-off Clash Royale. Para celebrar este bendito problema, iremos falar sobre a história de Clash of Clans para procurar os segredos deste sucesso.

Clash of Clans cinco anos

Tudo começou em 2010

Se bem que Clash of Clans só veio à luz em 2 de agosto de 2012, temos que voltar para 2010, um ano no qual na fria Finlândia nasceu o estúdio Supercell. Fundada por umas 15 pessoas, a Supercell foi posta em marcha por antigos membros de outros estúdios de jogos para dispositivos móveis que foram tentar criar jogos que pudessem alcançar um grande número de jogadores, sempre com a popularidade em mente. Após uma tentativa falha com Gunshine.net, decidiram tocar para a frente e vendo o sucesso da Zinga com Farmville, lançaram Hay Day, seu primeiro jogo de sucesso que formaria a base para seus futuros trabalhos: um estilo de jogo fácil de aprender, uns gráficos cartoon e muito peso no jogo do Pay-or-Wait sem que este sistema de pagamentos se torne algo frustrante.

O êxito de Hay Day os incentivou a lançar Clash of Clans, uma tentativa por parte da Supercell de entrar no mundo da estratégia mais própria do PC no terreno de smartphones e tablets. E após cinco anos é possível dizer que a jogada deles não saiu nada mal. Em seu primeiro ano foi um dos jogos mais jogados nos dispositivos iOS e em 7 de outubro de 2013 acabou entrando para o Android. Uma estratégia que lhes permitiu ir ajustando mais o modelo de jogo que desejavam: um título que satisfizesse por igual os recém chegados assim como os que já estão há um tempo dominando. O projeto que nasceu com o nome de “Magic” fez uma mágica autêntica nesses cinco anos que tem estado conosco.

Clash of Clans

Uns números de infartar

Uma pessoa pode ficar louca se tentar contabilizar as estatísticas de Clash of Clans. A supercell lançou um vídeo gracioso onde vão soltando números estonteantes: nestes cinco anos os jogadores passaram aproximadamente1,9 trilhões de horas construindo defesas para o seu povoado, se conseguiram 44 bilhões de vitórias por três estrelas e foram destruídas 100 milhões de prefeituras. Números imensos que vêm a confirmar o que já sabíamos: que Clash of Clans se manteve sempre no topo dos jogos mais desfrutados nos distintos dispositivos para os quais esteve disponível.

Mas não só se destaca entre as obras mais jogadas, mas também é das que mais receberam benefícios. Se tomarmos tomamos os dados apresentados por SuperData Research podemos observar que o ano passado gerou mais de 1,2 bilhões de dólares e isso porque estamos falando de um ano onde a competência foi mais que feroz por culpa da popularidade de jogos como Pokémon GO ou o próprio Clash Royale, que foi o terceiro jogo móvel que mais arrecadou com 1,1 bilhões de dólares.

Clash of Clans

Uns números gigantes, ainda mais quando 2016 foi um ano devagar para Clash of Clans. Segundo assegura o próprio CEO da Supercell, Ikka Paananen, , em uma entrevista, seu sucesso se deve a “concentrar-se unicamente em melhorar os jogos que possuem”, sem pensar demais em rivais e sem entrar numa espiral de lançamentos de jogos como fez Rovio (Angry Birds) ou atualmente está fazendo a King (em inglês). O importante é concentrar-se em seguir melhorando os jogos que possuem. Mas é óbvio que boa parte do sucesso de Clash of Clans se deve à brutal estratégia de marketing que desenvolveu a companhia entre 2013 e 2015, com o enredo final que foi o anúncio do Super Bowl onde se parodiava o filme Taken. Já se sabe que tudo melhora com Liam Neeson.

Um futuro incerto?

Após cinco anos no topo, a importância de Clash of Clans continua sendo maiúscula no mercado móvel… e também fora dele. Trata-se de um desses títulos que marcaram a indústria dos jogos e que sem sombra de dúvidas terá espaço nos livros de história como uma das referências a serem buscadas quando procurar casos de sucesso. Mas não só tem importância pelo dinheiro que está gerando, mas sim por ter sido um marco em uma grande variedade de aspectos, como ser o jogo que permitiu que o CEO da Supercell tivesse uma fala nos prestigiosos BAFTA Games, sendo a primeira companhia de jogos para dispositivos móveis a fazê-lo.

O futuro de Clash of Clans parece estável a curto e médio prazo, mas não sabemos o que irá acontecer mais adiante. Está claro que a Supercell está pondo muito mais esforços em Clash Royale e que agora também estão mais ocupados com seu último jogo, Brawl Stars (em inglês). Por isso não podemos saber se Clash of Clans seguirá no pódio dentro de um ano. Mas tampouco podemos duvidar dele, ainda mais vendo os números de novos jogadores do último mês de junho onde Clash of Clans segue ocupando a terceira posição; Sua última grande atualização à base de construtores recebeu uma boa acolhida e aproximadamente 90% dos jogadores já jogaram, segundo relata Jonas Collaros, Engenheiro Chefe de Servidores em uma entrevista.

Seja como for, parabéns para Clash of Clans. Feliz quinto aniversário!

Clash of Clans

Clash of Clans para Android na Uptodown [APK] | Baixar

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here