Os assistentes virtuais já não são mais um engodo e estão verdadeiramente integrados em nosso dia a dia graças a uns sistemas de reconhecimento de voz cada vez mais eficientes e uma maior integração com serviços externos. Na atualidade há várias empresas que tentam disputar o trono neste terreno inóspito que ao longo de 2017 se instaurou como uma funcionalidade útil para qualquer nível de usuário. Android é uma das plataformas onde estes serviços mais têm influência, e iremos enumerar alguns dos mais importantes assistentes virtuais e remarcar seus aspectos mais relevantes.

Tal como mostram estes dados do Google Trends, a nível de repercussão midiática está tudo mais que disputado entre os quatro atores principais: Assistant, Alexa, Cortana e Bixby. Outros ficaram pelo caminho, como o recentemente abandonado Facebook M, mas é que nem todos têm uma base de conhecimentos como as que guardam a Google, a Amazon, a Microsoft e, em menor medida, a Samsung.

Google Assistant

Começamos com o mais conhecido e “acessível”. O assistente virtual da Google que nasceu das cinzas do Google Now se encontra integrado ao próprio sistema operacional da Google (mais especificamente no aplicativo Google do sistema), de forma que qualquer terminal Android com a versão 6.0 ou superior pode fazer uso do mesmo. O melhor de tudo é que ao longo de 2017 foi traduzido para muitos outros idiomas, inclusive português brasileiro.

Quanto às suas funcionalidades, não há mais que parar um momento para pensar em todos os serviços que a Google oferece. Desde consultas indexadas por seu buscador e coisas específicas como perguntar qual é a parte principal de um filme até consultas que cruzam a informação que nós mesmos damos como a reserva de ingressos ou o caminho mais curto para chegar em casa. O grau de humanização do sistema é tamanho que praticamente podemos realizar qualquer pergunta com linguagem natural sem que a resposta esteja fora de lugar. Outra coisa é que tenhamos vontade de ficar falando com o celular o dia todo.

  • Idiomas: Inglês, espanhol, português, italiano, hindi, japonês e coreano.
  • Requerimentos: Android 6.0 ou superior.
  • Baixar APK

Amazon Alexa

Amazon seguiu seu próprio caminho graças a uma integração com dispositivos externos mais próximos da domótica do que do assistente virtual móvel propriamente dito, ainda que no final esse acabe sendo o caminho por onde todos vão. É por isso que para usá-lo precisaremos de um hardware externo como a família Amazon Echo, além de outras tantas firmas que se estão somando ao grupo para que se integre com sistemas de iluminação, televisores ou sistema de climatização. E mais, no CES 2018 foi anunciada a chegada de Amazon Alexa ao Windows 10, terreno onde Cortana tem tudo a perder por ter muito menos funcionalidades. Seu aplicativo para Android está restrito a países onde exista suporte oficial, mas é possível instalar via APK sem nenhum tipo de limitação e queremos dar uma checada.

Mas o que Amazon Alexa realmente faz? De forma geral, tudo de bom que um bom assistente padrão que filtra e humaniza buscas indexadas somado à interação com muitos dos serviços próprios da Amazon (loja, plataforma de música…) junto com a possibilidade de interagir com elementos físicos como a iluminação ou aquecimento do lugar possa fazer. Evidentemente para isso precisaremos comprar dispositivos específicos compatíveis com o sistema, mas dada a brutal integração deste assistente virtual em muitíssimos lugares, isso se torna cada vez mais acessível. Por enquanto não inclui tantos idiomas, já que por hora só entende inglês, alemão e japonês, mas estão trabalhando em seu processo de internacionalização.

  • Idiomas: Inglês
  • Requerimentos: Android 5.0, Amazon Echo ou hardware externo similar.
  • Baixar APK

Cortana

Não vamos negar que a Microsoft está fazendo muito bem ao levar seus serviços para a plataforma Android agora que o Windows Mobile já não está mais entre nós, O assistente virtual nascido à cobiça do Windows 10 deu o salto a dispositivos móveis já faz vários meses, embora sua forma de versão “preliminar” e as poucas tentativas da companhia de buscar espaço num mercado dominado pela Google não fizeram muito por sua expansão. Por sorte, pouco a pouco grandes passos vão sendo dados, há a integração com o próprio launcher da Microsoft, ou acordos inesperados como sua inserção no usadíssimo CM Launcher da Cheetah Mobile.

Embora a cota de mercado nunca tenha jogado ao seu favor, a comunicação entre o PC e nosso teminal móvel segue sendo um ás na manga que só a Microsoft sabe utilizar. Os aplicativos nativos do Windows são a melhor desculpa para recorrer a Cortana, e uma possível saída para a duplicidade de calendários, contas de email e agendas que iremos levar adiante os que levarmos com a dicotomia Windows/Android em nossas vidas. Vamos ver se põem as pilhas e traduzem o app para outros idiomas. Por hora, português está fora do app para Android até novo aviso.

  • Idiomas: Inglês (no app).
  • Requerimentos: Android 4.4 ou superior
  • Baixar APK

Bixby

A cota de mercado dos terminais Samsung é enorme como demonstrou nosso informe 2017 sobre o uso de aplicativos Android, no qual afirmamos que 38% dos visitantes da Uptodown utilizam dispositivos da marca. É por isso que faz todo o sentido do mundo criar um assistente próprio estreando junto ao lançamento da linha Galaxy S8. E o outro ponto a favor? Que já está disponível em várias línguas.

Bixby se ampara nos apps da Samsung para oferecer um pacote básico de funções de buscas, consulta e interação com nossos próprios conteúdos, sejam contatos, geolocalização por mapas ou fotografias… E ainda, já começam a surgir dispositivos externos que também o integrarão. No CES 2018 foi apresentada uma nova linha de televisores que farão uso do assistente, além de outros tantos utensílios do lar que estão por vir.

  • Idiomas: Inglês, espanhol coreano e chinês.
  • Requerimentos: Android 4.4 ou superior

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here