O ano se acaba, e com ele as esperanças de que muitos títulos que eram esperados para Android fossem lançados em 2017. Embora a maioria dos títulos não tenham uma data específica de lançamento, juntamos alguns dos jogos mais esperados de 2018 que foram anunciados ao longo do presente ano.

Brawl Stars

Há estúdios que sofrem para ir além do seu app one-hit-wonder. Que o digam King ou Mojang. A Supercell fez dobradinha com Clash of Clans e Clash Royale, sendo Brawl Stars sua terceira tentativa de seguir triunfando. Embora o jogo tenha chegado em junho para iOS, ainda estamos esperando para Android. Mais próximo dos MOBA mas sem chegar a esse grau de complexidade, está por ver se volta a soar os alarmes após sua publicação.

Harry Potter: Wizards United

A Niantic também foi tocada pelos deuses ao tocar os céus com Pokémon GO (e previamente refinar a fórmula em Ingress). Como parece que os jogos sociais com geolocalização funcionam melhor com licença, o estúdio anunciou recentemente (em inglês) que estavam trabalhando junto à Warner Bros neste título que também seguiria as mecânicas de suas produções anteriores. Isto é, vagar sem rumo e sentir-se incomodado por achar que todo mundo está observando enquanto olha o smartphone compulsivamente.

Durango: Wild Lands

MMOs tem de rodo, mas Nexon está tentando se demarcar com uma proposta diferente. Durango vai com ilhas paradisíacas, dinossauros e sobrevivência. Um enorme MMORPG no qual teremos que buscar recursos para construir novos engenhos enquanto nos defendemos de animais selvagens. Embora o jogo já tenha algumas fases beta abertas ao público, seguimos à espera de seu lançamento oficial.

PlayerUnknown’s Battlegrounds

Uma das notícias mais importantes do ano no terreno dos jogos. O título de PC mais jogado dos últimos meses chegará a smartphones graças a um acordo do estúdio Bluehole com o gigante asiático Tencent. E ainda o fará em dobradinha, com uma adaptação do jogo original e outro muito mais louco com helicópteros e barcos. Por hora o lançamento estará limitado para a China, mas é de se esperar que acabe chegando ao resto do mundo ao longo de 2018. Em sua página oficial (em chinês) já podemos nos pré-registrar.

The Walking Dead: Our World

A sombra de Pokémon GO se alarga. A prova disso é o anúncio deste jogo baseado em The Walking Dead, concretamente na licença oficial da série de televisão do canal AMC. Soa bem isso de combater zumbis ao nosso redor mediante um sistema de geolocalização, embora não seja o primeiro título a fazer isso, tal como demonstram jogos anteriores como Zombies Run! Apesar de não ter data oficial, podemos ficar a par das últimas novidades através de sua página oficial (em inglês).

World of Final Fantasy: Meli-Melo

Square Enix está colhendo frutos de sua saga mais prolífica graças à criação de vários títulos baseados em uma ou outra forma de Final Fantasy. World of Final Fantasy é uma raridade em muitos níveis que saiu para os consoles da Sony há vários meses (e para PC há algumas semanas). Esta versão mais casual mantém o curioso aspecto de personagens cabeçudos tirados de vários lançamentos, assim como seu sistema de treinamento de monstros e empilhamento de personagens. Por hora sai neste mês de dezembro no Japão (em japonês), e como aconteceu com a maioria dos jogos do estúdio para Android, com certeza acabará chegando ao ocidente. E se ainda tiver vontade de mais, também está em desenvolvimento a versão de bolso de Final Fantasy XV.

Lineage M

Lineage 2 Revolution da Netmarble foi uma (ups) revolução após seu lançamento no ocidente, chegando a ser atualmente um dos jogos móveis que gera mais benefícios na Ásia (em inglês). Mas não é o único que se aproveita da licença. NCSoft tem sua própria versão móvel da saga que lhes deu de comer durantes muitos anos, e que este ano chegou a render 83 milhões de dólares em benefícios. É de se imaginar que seu jogo dará o salto ao ocidente. Ou ao menos é o que queremos crer. Por aqui você pode ver sua página oficial (em chinês).

Marvel Strike Force

A Disney está reestruturando sua divisão móvel e os estúdios encarregados dos títulos que utilizam sua licença. O novo jogo da Foxnet Games (em inglês) é muito similar a outros que usam a franquia como a já extinta saga Marvel: Avengers Alliance. Isto é, combates por turnos entre ícones da Marvel com gráficos bonitos e grind até cansar. Os marvelitas já estão queimando de vontade.

The Room: Old Sins

Vamos fazer um inciso obrigatório. Até agora todos os jogos mencionados são Freemium, mas a saga The Room (em inglês) é um caso aparte. Esta seria a quarta parte de uma saga que, mesmo sendo paga, tem milhões de adeptos. Embriagadores puzzles e mini games de lógica cada vez mais complicados cuja fórmula foi clonada até não dar mais. Por hora chegará em 25 de janeiro de 2018 para iOS para só depois ser publicado para Android.

Black Desert Mobile

Black Desert Online foi um dos MMORPGs de mais sucesso para PC dos últimos anos ao recorrer a uns gráficos surpreendentes para o gênero sob a Unreal Engine 4. O estúdio Pearl Abyss decidiu expandir seu título ao universo portátil e já está trabalhando na versão para iOS e Android. Veja o vídeo e fique alucinado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here