Frogmind é um estúdio independente de jogos que foi criado em 2012 por meio de dois sócios muito talentosos. Badland foi o título que deu a eles fama por todo o mundo após poucos meses de lançado. Graças a este jogo de grande beleza estética e sonora, o estúdio conquistou vários prêmios de grande relevância como o SCEE do Game Connection Europe 2012. Esta companhia atraiu tantos milhões de usuários que Supercell não tardou em adquirir 51% de suas ações em setembro de 2016. O potencial econômico de Forgmind aumentou desde então e em 2019 a empresa está saboreando de novo o sucesso com Rumble Stars. Neste recente trabalho os jogadores podem criar várias estratégias para marcar gols em partidas de futebol muito diferentes e divertidas.

rumble-stars-android

Um sucesso em países muito diversos

Embora em janeiro de 2019 tenham dado à luz as primeiras versões de Rumble Stars, não foi até abril que o jogo se lançou como estável para todo o mundo. O sucesso deste título foi se incrementando com o passar das semanas e o jogo não demorou muito para passar de um milhão de downloads no Google Play. De fato, já são 59 os países onde este projeto se colocou entre os 100 apps e jogos mais baixados.

Advertisement

rumble-stars-uptodown

Segundo dados do portal App Annie, Israel foi o território onde por hora Rumble Stars conseguiu se tornar o app mais baixado. O jogo também chegou ao top 10 de outros nove países, entre eles Espanha, Portugal, Hungria, Bulgária e Croácia. Badland Brawl o lançamento anterior de Frogmind, também obteve seu grosso de usuários em muitos desses territórios europeus.

Muitos personagens e opções possíveis

Cada vez são mais os jogos de futebol que podemos baixar para jogar em nosso smartphone. É sempre bom quando surgem títulos que trazem mecânicas diferentes baseadas neste esporte. Em Rumble Stars teremos que fazer gols, mas não vai ser de uma forma qualquer. Teremos que desbloquear muitos personagens com atributos diferentes que nos ajudarão a lançar a bola na rede rival.

rumble-stars-android-game

E o mais interessante de Rumble Stars chega quando descobrimos que os personagens não são futebolistas. Neste jogo formaremos times compostos por animais selvagens, pets e objetos com vida como canhões e ímãs. Um tipo de jogador muito peculiar que nos ajudará a vencer com os distintos atributos ofensivos e defensivos que possuem. No menu principal contaremos com a possibilidade de selecionar os membros de nosso time antes de entrarmos em ação.

Um sistema de jogo simples e viciante

Outro dos aspectos mais positivos de Rumble Stars é que o sistema de jogo não apresenta nenhuma dificuldade. Apenas bastará completar um par de partidas para ir entendendo as qualidades de cada personagem. Alguns dos protagonistas nos ajudarão a incrementar nosso potencial ofensivo e outros virão para nos defender dos ataques dos oponentes. O sistema de controle é muito intuitivo e só temos que tocar sobre o personagem com quem vamos realizar a ação e, sem soltar o dedo da tela, calcular a trajetória que seguirá ao ser lançado.

rumble-stars-game

Na parte superior da interface iremos observando em todo momento o tempo. Desta forma poderemos calcular com precisão se o resultado até o momento é suficiente para a vitória ou se precisamos atacar para definir. Temos que destacar que o aspecto gráfico foi muito bem elaborado e se nota a preocupação de Frogmind por oferecer jogos com designs cuidados. Ainda, é inevitável não encontrar algumas similaridades com o universo de Clash Royale. Ainda veremos como será a abordagem da Supercell neste estúdio de seu mesmo país.

rumble-stars-personajes

À medida que vamos ganhando partidas, podemos investir as recompensas obtidas em desbloquear novos personagens. Também disporemos de distintas bolas que terão influência sobre os passes. E ainda incrementaremos a pontuação de cada um dos nossos protagonistas para torná-los mais fortes no terreno de jogo. Contudo, nosso principal objetivo será o de criar uma equipe competente que seja capaz de vencer cada rival no campo e nos permita subir para uma divisão superior. Não será fácil, posto que, conforme vamos avançando pelas partidas, encontraremos com usuários que utilizam estratégias de movimentos muito inovadoras.

A indústria de jogos na Finlândia

A queda da Nokia foi um dos acontecimentos que teve incidência para que a Finlândia entrasse em uma profunda crise. O país escandinavo se reinventou e apoiou a criação de pequenas startups que souberam aproveitar o talento residente em suas fronteiras. Fruto disso nasceram numerosas empresas de jogos que ajudaram no crescimento da economia e na multiplicação de vagas de emprego. Android já se converteu na plataforma preferida dos desenvolvedores do país nórdico.

Finnish-games-industry
Fonte: NeoGames

Segundo o estudo de NeoGames, o número de empregados do setor de jogos na Finlândia se elevou para 3200 trabalhadores, 16% a mais do que em 2016. Também vale destacar que se estejam produzindo muitos movimentos no mercado e o número de estúdios diminuiu. Isto poderia estar sendo provocado pelas fusões que estão acontecendo entre companhias maiores e desenvolvedores independentes.

studies-finnish
Evolução do número de trabalhadores no setor de jogos da Finlândia. Fonte: NeoGames

O que fica claro é que na Finlândia se destila personalidade e trabalho constante por seguir crescendo. A maioria dos estúdios foca em elaborar jogos de estética cuidada e narrativa que interessem o usuário. Cenários coloridos e quesitos sonoros que seguem o ritmo do setor de jogos neste país. Supercell lidera uma lista de empresas que estão apostando forte no Android. O tempo dirá se é o caminho correto. Por hora a faturação média dos estúdios finlandeses que participaram no estudo de NeoGames, se incrementou em 40% em comparação com 2016. Números que premiam a aposta de todo um país por um mercado em desenvolvimento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here