O streaming de jogos está engolindo a reprodução de conteúdos pré-gravados. Cada vez são mais usuários que decidem transmitir ao vivo seus conteúdos através de plataformas especializadas como Twitch, onde a comunidade de usuários é mais ativa e sua interação (e benefícios reportados pelos mesmos) é maior. Apesar de não ser o conteúdo principal, os jogos mobile cada vez estão mais integrados dentro da plataforma. Por isso, vamos explicar como transmitir nossas partidas ao vivo usando OBS Studio.

O que preciso para transmitir minhas partidas via streaming

  • Um PC: embora existam certos métodos para poder transmitir diretamente o conteúdo da tela de nosso smartphone, se quisermos fazer uma transmissão minimamente profissional, não nos resta nada além de recorrer a um PC que sirva de ponte entre o jogo e a transmissão.
  • O programa OBS: indispensável para configurar a transmissão. Se trata de um software gratuito para Windows que podemos baixar tanto pela Uptodown como pelo site oficial. [Baixar]
  • Uma conta de usuário no Twitch ou outro serviço de emissão por streaming similar como Mixer ou o próprio YouTube. De fato, existem até ferramentas para transmitir simultaneamente em várias plataformas.
  • (Opcional) Um smartphone: é paradóxico que o próprio dispositivo não seja necessário, mas graças a ferramentas de virtualização como NOX ou BlueStacks podemos rodar os jogos de Android no PC, o que tem certos pros e contras como descreveremos mais para a frente. [Baixar]
  • (Opcional) Um segundo monitor: mais que opcional, recomendável para agilizar a tarefa.
  • (Opcional) Uma webcam ou smartphone adicional : se além da própria partida pretendemos transmitir nossa reação enquanto jogamos, precisaremos de uma fonte de gravação de vídeo adicional conectada ao PC.

O que é o Open Broadcaster Software?

Apesar de existirem muitas ferramentas para configurar nossas transmissões online, sem dúvidas OBS é a mais utilizada e a que inclui mais opções de configuração. Independentemente da fonte de transmissão, através deste programa controlaremos todos os elementos que farão parte de nossa transmissão. Como fazem os streamers para que em uma mesma tela o jogo e uma janelinha com seu rosto e outra janela com um chat que se atualiza em tempo real? Já dá para imaginar a resposta.

Advertisement

Uma vez instalado o OBS, poderemos seguir seu assistente de configuração desde o qual serão configurados os parâmetros básicos, como a qualidade da transmissão de acordo com a velocidade de nossa Internet, assim como a associação com a plataforma de transmissão que utilizemos. Neste tutorial vamos usar o Twitch como exemplo.

Como associar nossa conta do Twitch ao OBS

Quando nos apareça a janela de seleção de serviço, e após marcar Twitch como opção, nos será pedida a chamada “chave de transmissão”, uma chave que podemos obter se criarmos uma conta de usuário no site do Twitch. Podemos encontrar a chave em Configurações > Canal e vídeos, acessível no menu na parte superior da direita da tela tocando em nosso avatar.

Como transmitir nossas partidas pelo OBS

Agora chega a parte complicada, já que é hora de configurar a janela de transmissão. Pense no OBS como um projeto de Photoshop. Na parte inferior tem duas listas de elementos: cenas e fontes. Uma cena é o conjunto de elementos que está na tela, que são denominados de fontes. Por padrão teremos uma cena vazia em nosso projeto, e tocando no sinal + das fontes podemos adicionar elementos.

  • Fazendo mirror da tela de nosso smartphone

Para esta opção, teremos que buscar uma ferramenta capaz de fazer mirror do que acontece na tela do dispositivo para poder visualizar na tela e realizar a captura dali. Apesar da maioria dos aplicativos para tal propósito disporem de uma versão gratuita, se quisermos transmitir em qualidade máxima é preciso abrir a carteira e adquirir a variante Premium. Alguns apps interessantes para isso são Reflector e Vysor.

  • Usando um emulador de Android

A forma “fácil”. A virtualização do Android alcançou um nível de maturidade a ponto de que em muitos casos os jogos ficam até melhores no PC do que no Android. Usando programas gratuitos como Nox (que inclusive tem por padrão o app oficial da Uptodown) e Bluestacks, cujas últimas versões melhoraram enormemente o consumo de recursos. O contraponto vem pelo fato de que este tipo de ferramentas requer certa potência de processamento, então necessitaremos uma equipe relativamente potente para poder lidar ao mesmo com a reprodução do jogo via emulador e a própria transmissão.

Agora só nos resta escolher a fonte de entrada. Clicamos no + e escolhemos “capturar janela” para escolher a janela de transmissão em questão (seja o mirror ou a virtualização). Ainda assim, como dissemos anteriormente, sempre será melhor mostrar a transmissão em tela cheia em um monitor secundário utilizando as opções “Capturar jogo” ou “Capturar tela”. Só resta tocar o botão “Iniciar Transmissão” para ir ao ar!

A partir daí vale experimentar para criar uma combinação de elementos elegante se quisermos adicionar como fontes da cena da webcam com nosso rosto ou um fundo estático (denominado overlay) para colorir a composição.

Há um imenso número de opções extras que não vamos mencionar por aqui, desde os conhecidos desenhos e animações que sobrepõem a tela quando alguém se inscreve ou faz uma doação até módulos externos centrados na realização de speedruns ou canais de chat integrados. É preciso começar o quanto antes para poder se tornar um streamer profissional. Boa sorte!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here