O fim do mundo como conhecemos está chegando. Para alguns, isto será uma traição às suas raízes. Para outros, uma libertação na hora de difundir coisas pequenas por escrito. Mas o certo é que o Twitter está testando em algumas contas o uso de 280 caracteres em um tweet sem nenhuma restrição. Embora não tenha sido confirmado que se trate de uma mudança imediata, temos certeza de que já está sendo usado por várias contas de alta visibilidade e podemos ter uma ideia da repercussão disso.

Como explicam em um post no blog oficial do Twitter, cada idioma requer uma quantidade média de caracteres diferente para expressar a mesma ideia. Sendo assim, a média de caracteres em um tweet escrito em japonês é de apenas quinze, enquanto 9% dos redigidos em inglês chega ao limite de 140. Com este feito à frente, parece que este aumento de caracteres chegaria a todos os idiomas, menos japonês, chinês e coreano.

O novo formato irá manter a mesma estrutura que tem agora quanto a não somar caracteres quando incluímos links, fotos ou nomes de usuário na publicação. Aqui vão alguns exemplos de contas que já tiveram acesso a esta mudança.

O Twitter já vem se desvirtuando com cada nova atualização, e esta novidade pode ser o último passo para a conversão final. Os tweets com imagens obtém 18% a mais de clicks, sem falar da integração dos GIFs animados na plataforma ou a eliminação do consumo de caracteres ao adicionar conteúdo multimídia. A identidade de cada rede social acaba sendo mesclada com suas concorrentes ao ponto de que todas são capazes de fazer o mesmo. Mais caracteres no Twitter? O microblogging hipervitaminado já existe há mais de uma década.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here