VectorMan aterrissa no Android via SEGA Forever

SEGA segue apostando pelo retro para dispositivos móveis e agora chegou a vez de Vectorman, um run&gun bem curioso para sua época.

Há tempos não relatávamos a chegada de um novo jogo da linha de clássicos da SEGA Forever, mas é que a companhia realmente não lançou muita coisa. Após a chegada de Super Monkey Ball, agora vamos voltar à máquina de maior sucesso da SEGA. Diretamente do Mega Drive nos chega VectorMan, um run&gun bem curioso que se destacou em sua época pelo uso de modelos pré-renderizados em três dimensões.

VectorMan

1995 foi um ano bem movimentado para a SEGA. Mega Drive dava seus últimos suspiros de vida e seu sucessor, Sega Saturn, desembarcou no ocidente no dia 11 de maio. O desenvolvimento para 16 bits da SEGA estava prestes a morrer, mas ainda assim surgiram alguns títulos que deram um pouco mais de brilho. Um desses lançamentos foi Vectorman, que era um tipo de prodígio da técnica graças ao movimento do protagonista: um robô composto de 23 sprites individuais que se movem em harmonia. Um jogo bem peculiar que se desenvolveu nos Estados Unidos, algo que se pode perceber ao jogar.

VectorMan

VectorMan é um run&gun por si, o que quer dizer que vamos morrer bastante se não nos aplicamos na matéria de eliminar tudo o que apareça pela frente. O jogo roda em nossos terminais móveis de maneira fluida, permitindo que a ação não seja atrapalhada em nenhum momento. Nos movermos e disparar por suas 16 fases será o principal, embora por sorte o jogo não fique só nisso. Temos várias armas distintas a modo de power-ups, assim como a possibilidade de nos transformarmos em diversos objetos para seguir avançando. Estas transformações são um bom método para fazer brilhar a tecnologia utilizada no jogo, embora nestes tempos atuais talvez fique um pouco para trás. Mas ponha-se na pele de um jogador de 1996. Em seu dia, foi toda uma surpresa devido a seus gráficos e efeitos sonoros.

VectorMan

VectorMan é um jogo que segue perene no imaginário de todo SEGueiro que se preze. Mesmo o título tendo se destacado na América do Norte, sua saída em diferentes formatos posteriores fez que continuasse indo bem. Está claríssimo que falta todo o carisma dos jogos de Treasure, embora nem todo mundo pode fazer obras primas. Ainda, o jogo vem com as adições que a SEGA inclui em todas essas retro-edições para dispositivos móveis: salvar partida, personalização de controles e a possibilidade de voltar no tempo para um momento da partida onde estávamos vivinhos da silva.

No caso, segue tendo os mesmos problemas que a imensa maioria dos jogos da SEGA Forever, como o fato de contar com um controle bem meia boca. A verdade é que já desistimos de falar disso devido às promessas da SEGA de que se centrariam em títulos não emulados terem sido da boca para fora. Mas bem, tampouco vamos estragar a festa, vamos celebrar a chegada de jogos gratuitos com os quais dar uma boa olhada ao passado. E ainda, dê uma olhada na lista de jogos que já fazem parte da linha SEGA Forever.

VectorMan Classic para Android na Uptodown [APK] | Baixar

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here