Dada a quantidade de sites e serviços nos quais nos registramos utilizando nosso email, é uma boa ideia visitar com frequência serviços como Haveibeenpwned, que permitem verificar se algum site teve falha de segurança, fazendo que nossas senhas possam ter vazado. Google tomou a frente no assunto, agora permite verificar se todas as senhas armazenadas através do Chrome foram reveladas, algo relativamente comum tendo em conta que não passa uma semana sem que exploda algum novo problema.

Google já dispunha de uma extensão oficial para Chrome que era capaz de detectar quando escrevíamos a senha se ela teria sido comprometida, mas agora facilitaram tudo. Agora pelo painel de configurações de conta é possível realizar uma verificação de todas as senhas armazenadas.

Advertisement
  • Pelo Android: Buscamos o aplicativo da Google no terminal, tocamos no avatar e escolhemos a opção Gerencie sua conta Google.
  • Pelo navegador: Acessamos o site passwords.google.com e introduzimos nossas credenciais de acesso.

Pelo painel de opções de nossa conta Google teremos que buscar a aba Segurança ou buscar a opção Proteger conta. Nesse submenu poderemos ver várias verificações de segurança, como a ativação da verificação em dois passos, o acesso a aplicativos de terceiros através de login social e o que viemos buscar, a revisão de senhas. Acessamos esta última seção.

Una vez dentro e após escolher a opção Verificar senhas, certamente nos pedirá para realizar uma verificação adicional de segurança para comprovar que somos nós acessando. Se estivermos em nosso smartphone, nos será pedido o código de desbloqueio do terminal, seja por digital, padrão ou PIN. Feito isso, veremos o informe em questão, onde encontraremos três possíveis seções com problemas:

  • Senhas vazadas: O pior caso. Isto não quer dizer que acessaram contas onde usamos estas senhas sem nosso consentimento, mas que foram encontradas dentre as muitas listas de senhas roubadas na deep web por termos usado em algum site com brecha de segurança. O que é certo é que devemos alterá-las o quanto antes para evitar problemas reais.
  • Senhas reutilizadas: Isto não é um problema em si, mas é recomendável que não utilizemos a mesma senha em todos os serviços nos quais nos registramos. Se não utilizamos um gerador externo de senhas, sempre podemos usar o integrado da Google.
  • Senha pouco segura: Fala por si. Um password curto pode dar oportunidade para que alguém acesse através de simples análise de sua vida ou força bruta, então é melhor usar alguma com palavras que não estejam num dicionários, que não sejam relacionadas com nossa vida pessoal e mesclar números com letras maiúsculas e minúsculas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here