Os problemas de velocidade e conexão com a rede WiFi de nosso lar são cada vez mais habituais. O fato de que tenhamos meia dúzia de dispositivos conectados de forma permanente, unido à saturação dos canais de envio sobretudo em zonas urbanas, faz que seja complicado às vezes encontrar uma solução. Dada a versatilidade dos dispositivos Android, há uma infinidade de aplicativos para realizar testes e ajustes sem precisar recorrer a um computador.

Como saber se há problemas na rede Wi-Fi de minha casa

A pergunta de um milhão de dólares. É como se você estivesse doente e explicando os sintomas ao médico pelo telefone: dá para fazer algumas suposições, mas cada caso é um caso. Ainda assim, há uma série de problemas habituais que podem ser a causa de uma redução drástica na velocidade de conexão, sobretudo através de nossa rede WiFi:

  • Há um aplicativo ou serviço que esteja de forma constante baixando ou enviando dados e limitando a banda disponível para isso. Talvez estejamos falando de malware.
  • Alguém está usando sua conexão WiFi sem seu consentimento.
  • Estamos em um canal da bande de frequências do WiFi no qual há equipamentos demais conectados, sejam nossos ou de nossos vizinhos próximos.
  • A distância entre o router e os equipamentos conectados está grande demais.

Na hora de medir, é preciso levar em conta que a velocidade efetiva nunca corresponde com a contratada, especialmente quando trabalhamos com redes sem fio onde há outra série de parâmetros que influenciam no rendimento, como a potência do cabeamento, do roteador, possíveis interferências externas ou distância excessiva. Para realizar o teste não é necessário nenhum app, já que Google tem sua própria ferramenta de medição. Basta que você escreva “teste de velocidade” no navegador para realizar o teste.

Advertisement
Teste de velocidade pela Internet
Através de nosso navegador podemos realizar um teste de velocidade

Como averiguar se algum app está consumindo dados de forma massiva

Como já sabemos, o sistema operacional Android é capaz de manter aplicativos e serviços funcionando em segundo plano inclusive depois de terem sido fechados, e se algum deles estiver fazendo uso da rede mais do que deveria, irá afetar a qualidade de nossa conexão. Isto poderia ser devido a um problema com as próprias funcionalidades do aplicativo (atualizações em segundo plano, testes de rede contínuos demais) ou algum malware, e neste caso estaríamos ante um assunto mais sério. Mas vamos por partes.

Para verificar o tráfego de upload e download de nosso dispositivo Android em tempo real existem muitas ferramentas além das incluídas no próprio sistema operacional de série, mas vamos recomendar Glasswire por ser tão intuitivo e limpo. Embora tenha funções premium, suas características não têm custos e pode ser baixado de forma totalmente gratuita.

Uma vez instalado e após ter aceitado algumas das premissas de acesso que nos pede (indispensáveis para seu bom funcionamento), podemos ver um gráfico em tempo real por onde é possível comprovar visualmente se há algum tipo de download por parte de determinados aplicativos. Ainda, como salva informações dos dias anteriores, é fácil descobrir se é um problema constante ou se só acontece em certos momentos.

GlassWire aplicativo para Android
O app gratuito GlassWire permite analisar o tráfego em tempo real

A forma mais fácil de se livrar do aplicativo que está atrapalhando é desinstalando ou verificando quais permissões ele tem. No caso, se o aplicativo não soar familiar, pode ser algum aplicativo fraudulento que poderia estar consumindo, sendo o mais comum que se trate de minerador de criptomoedas que pode até influenciar o rendimento geral do aparelho. Se você não quiser arriscar, nada melhor que restaurar o dispositivo para as condições de fábrica. O aplicativo tem um firewall integrado para evitar que certos apps utilizem a rede, mas também há outros gratuitos como NetGuard, que nos servirá para resolver o problema enquanto o software problemático não é eliminado.

Como saber se um desconhecido entrou no meu WiFi?

Infelizmente, um usuário sem nem precisar de muitos conhecimentos na matéria poderia descobrir nossa senha do WiFi se não utilizarmos uma tão complicada. Para comprovar isto podemos utilizar algum aplicativo que seja capaz de analisar quais dispositivos estão conectados à nossa rede, como é o caso de Fing. Também é gratuito, e diferente do que acontece com outros serviços similares, exibe visualmente quais dispositivos estão conectados através do IP de nosso roteador.

A tela Dispositivos do aplicativo mostra através de ícones explicativos quem está conectado. Na imagem anexada podemos ver como foi detectado um smartphone, um computador, dois Raspberry Pi, um purificador de ar e o próprio router. Ainda, tocando sobre cada um dos elementos poderemos saber quando foi a última vez que se conectou à rede.

Fing aplicativo para Android
O app de Fing permite verificar facilmente quais dispositivos estão conectados à nossa rede

Para solucionar este problema não nos resta nada além de acessar o menu de configurações do router ou o site de nosso provedor de serviços, no caso de poder realizar mudanças de forma remota. Se alguém tiver descoberto nossa senha por ter lido atrás do router, teremos que criar uma nova senha, mas se alguém estiver desencriptando interceptando pacotes de rede com ferramentas de hacking, será preciso tomar medidas drásticas.

A maioria dos routers inclui a possibilidade de filtrar conexões a partir do endereço MAC. Se trata de um código que serve como “matrícula” de qualquer dispositivo, então podemos escolher quais podem se conectar à nossa rede e quais não podem. Como dissemos, cada provedor de serviços tem seu próprio menu de configurações e método para realizar mudanças, então nada melhor do que entrar em contato com eles para que possam te explicar seu caso.

Vodafone Router Mac Filtro
Apartado de configuración del filtro MAC en un router Vodafone

Como mudar o canal WiFi de nossa conexão?

A maioria das redes sem fio domésticas trabalha em uma faixa de frequências próxima dos 2.4GHz, embora cada vez estejam mais comuns os que passam por 5 GHz. O que isso quer dizer? É que as bandas de frequência através das quais se emitem os sinais de rede estão alocadas para não ocupar todo o espectro de telecomunicações. Pense em um trem com vários vagões. Os routers básicos que operam em 2.4GHz dispõem de catorze vagões (canais) para que os passageiros (pacotes de informações) não se esbarrem entre si (entre os diferentes routers que estejam próximos).

Continuando com a analogia, os problemas surgem quando vários passageiros querem ir no mesmo vagão. Ou seja, vários routers interferem entre si por estarem emitindo através de um mesmo canal. Para verificar se estamos em um canal eficiente temos o aplicativo WiFi Analyzer, que nos permite ver graficamente se temos vizinhos demais na mesma faixa. Inclusive nos oferece uma valorização com o canal mais recomendável. Igual ao que acontece com o filtro de MAC da seção anterior, é necessário acessar as configurações do router (e nem sempre está disponível) ou site de nosso ISP para podermos mudar este parâmetro.

WiFi Analyzer aplicativo para Android
O app WiFi Analyzer permite detectar visualmente quais canais do espectro estão mais saturados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here